sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Conhecimentos da noite/internet

Apesar de ser a coisa mais normal do mundo navegar na net e fazer conhecimentos virtuais, as pessoas ainda continuam a considerar duvidosas relações que se iniciam através de um conhecimento feito na net. Bem como um namoro que se inicia com alguém que se conheceu na noite. Posso compreender isso. A sério que sim... já conheci muita gente tanto online como na noite e sei que são conhecimentos que têm que ser filtrados. 

Sei que na net, as pessoas aproveitam muito para mostrar algo que não são e para esconder um pouco a sua personalidade e os seus verdadeiros gostos. Têm tempo de "pensar" antes de dizer ou responder ao que quer que seja, perde-se muito a espontaneidade das reacções. Os sorrisos, os olhares, os gestos. É mais frio e, por isso, mais difícil de tornar "real".

Na noite, é mais uma questão de "caça". Seja da parte dos homens ou das mulheres, também há que saber perceber com o que se está a lidar. E, verdade seja dita, a maior parte das vezes, são apenas predadores/as, que pretendem não mais que umas cambalhotas. E pouco se aproveita, precisamente, porque há mais gente a sair à noite para uma queca fácil, do que, simplesmente, para se divertir com os amigos.

No entanto, não é correcto dizer que todas as pessoas que se conhece na net e/ou na noite não são de confiança e que se devem descartar. Conheci o pai do meu filho na net. Sim, acabámos, mas a relação durou 3 anos e mantivemo-nos amigos. E ainda posso dizer que é um bom pai. Conheci o meu noivo na noite. Estamos juntos, felizes e não me arrependo nada.

Portanto... as pessoas não são todas iguais, só porque optam por travar conhecimentos dessa forma. Apenas têm que saber filtrar :)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Manda o teu bitaite