sábado, 27 de maio de 2017

Séries viciantes #14 \\ Chuck



Sinopse: Chuck Bartowski trabalha na loja Buy More de Burbank, uma cadeia de lojas de produtos eletrónicos, juntamente com o seu melhor amigo, Morgan Grimes. A irmã de Chuck, Ellie, e o agora marido, Devon "Capitão Incrível" Woodcomb, são médicos e estão constantemente a encorajar Chuck a fazer progressos na sua vida romântica e profissional. No princípio da série, Chuck recebe um e-mail de Bryce Larkin, o seu antigo colega de quarto da Universidade de Stanford, que agora é, aparentemente, um agente "renegado" da CIA. Quando abre o dito e-mail, toda a base de dados de todos os segredos governamentais dos Estados Unidos — um super neurocomputador chamado Intersect — é instalado no seu cérebro. Tanto a NSA como a CIA querem a tecnologia devolvida e por isso, enviam agentes seus, o Coronel John Casey e a Agente Sarah Walker, para recuperar os dados. Chuck, Sarah e Casey enfrentam conflitos profissionais à medida que o respeito entre eles cresce e à medida que um interesse romântico genuíno cresce entre Chuck e Sarah. O desejo de Chuck de manter as suas antigas ligações e eventualmente voltar a uma vida normal é desafiado por perigos e crescentes responsabilidades da sua nova vida secreta, de tal modo que ele se torna, de forma gradual, num agente mais disposto, competente e confiante.

Opinião: Esta foi uma das séries que vi chegar ao fim, com muita pena minha, pois gostei muito de a acompanhar. Tem os seus momentos sérios e de acção, mas tem, sobretudo, muitos momentos divertidos. É curioso ver a evolução de Chuck ao longo das seis temporadas, pois a personagem muda bastante. A sua postura inicial é hilariante e a essência mantém-se sempre, apesar de assistirmos a um crescimento. Depois temos a relação super querida dele com a Sarah, a forma como ele e Casey se aproximam, apesar do mau feitio deste último, e ainda os personagens cómicos que trabalham na Buy More. Uma série fácil de ver e gostar.

Pequenos artistas

Aqui na minha zona, existe um projecto que envolve todo o universo escolar do concelho, promovendo e divulgando os trabalhos desenvolvidos pelas escolas em áreas expressivas e/ou artísticas. Assim, as turmas organizam-se com os respectivos professores para subir ao palco e representar, dançar, cantar, recitar... e ontem foi o dia da turma do meu príncipe. Infelizmente, porque estava longe do palco, apesar de se ver perfeitamente bem de onde eu estava, não era fácil tirar fotos que os apanhassem claramente. Mas deixo-vos com algumas.














Acho estas iniciativas uma graça, os pequenos são super giros a actuar, concentradíssimos nos seus papéis e funções, orgulhosos do seu trabalho. E os pais babadíssimos, claro. E mais orgulhosos ainda!

quinta-feira, 25 de maio de 2017

A falta de solidariedade


Como alguns de vocês já saberão, eu tenho um projecto de solidariedade, chamado Luta Por Um Sorriso, que pretende ajudar famílias carenciadas e que o tem feito, dentro dos possíveis para um grupo pequeno e com poucos recursos. A nossa actividade tem altos e baixos, conforme as nossas possibilidades, porque, na verdade, temos que investir, além do nosso tempo, algum dinheiro do nosso bolso, se pretendermos organizar eventos, angariações, ou workshops, como já temos feito, fazer publicidade aos mesmos e pagar combustível para entregas às famílias que apoiamos. Por isso, por vezes, não podemos fazer tanto como gostaríamos. A minha amiga que fundou o projecto comigo publicou recentemente, no seu facebook pessoal, um vídeo de uma das famílias que apoiamos com alguma regularidade, a mostrar como tem sido o dia-a-dia deles, porque há cerca de 6 meses, a mãe sofreu um acidente grave e tem estado todo este tempo no hospital, em recuperação lenta. Ao estar internada, foi-lhe retirado o subsídio que recebia, tem 3 filhos para criar. Tem sido uma situação difícil. Mas não é a única família que temos em condições muito precárias. E, frequentemente, partilhamos nos nossos facebooks (pessoais e da página) apelos ou divulgamos os nossos eventos, no sentido de angariar alguns fundos e/ou bens alimentares para estas pessoas. Cada uma de nós tem cerca de 200 "amigos" nessa rede social. Quantas julgam vocês que ligam aos nossos apelos? Pois... poucas, muito poucas mesmo. Se cada uma destas pessoas que temos adicionadas doasse, de vez em quando, ainda que fosse apenas uma vez por mês (acreditem que eu sei bem demais o que é contar os trocos), 1€ ou 2€, um bem alimentar, imaginam o que conseguiríamos reunir? Mas não. E se, por um lado, sei que há, genuinamente, pessoas com dificuldades e que não podem dispensar nada, também sei igualmente que a esmagadora maioria, simplesmente, ignora e faz de conta que nada se passa, porque só pensam no próprio umbigo. E é triste. E cansativo. É uma actividade desgastante, não tanto pelo trabalho que implica fazermos as compras, as entregas, organizarmos as doações, carregar coisas escadas acima e abaixo, perder umas horas do nosso tempo livre para dedicar a essas pessoas, porque isso, no fim, é gratificante e compensador... mas, principalmente, por termos que andar, praticamente, a pedir esmola para ajudar quem precisa. A essas pessoas só me apetece dizer que, um dia que sejam eles a precisar, não recorram a nós...

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Tag Liebster Award


Olá, minha gente. As meninas Jess e Rose, do blog jess&rose (visitem, eu já sou seguidora!) escolheram o Bitaites como um dos eleitos para responder à Tag Liebster Award. Agradeço a nomeação e, graças a elas e às suas perguntas, ficam a conhecer um pouco mais de mim neste post.

Regras:
- Escrever 11 factos sobre mim
- Escrever 11 perguntas para os blogs nomeados
- Responder às perguntas de quem o nomeou
- Indicar entre 11 a 20 blogs com menos de 200 seguidores
- Colocar o Selo da TAG LIEBSTER AWARD
- Indicar os links de quem identificar

11 factos sobre mim:
- Não tenho carta de condução;
- Não uso calças de ganga;
- A gravidez do meu filho não foi planeada;
- Em miúda, frequentei ginástica e natação;
- O meu apelido é um legume;
- Gosto de bonecas de porcelana, caixinhas de música e dreamcatchers;
- Tenho um projecto de solidaridade, que podem conhecer aqui;
- O nome do meu filho foi escolhido pelo pai;
- A minha cor favorita é o roxo;
- A única pessoa mais gulosa do que eu que conheço é o mais-que-tudo;
- Sou obcecada com as limpezas.

11 perguntas para os blogs nomeados:
1. Qual é o momento da tua vida que recordas com mais saudade?
2. Tens alguma cicatriz? Do quê?
3. Qual é a tua mania mais irritante?
4. Há quanto tempo és blogger?
5. O que te levou a criar o blog?
6. Quais são os teus objectivos para o próximo ano?
7. Quais as maiores diferenças na tua pessoa desde que criaste o blog em relação ao que és agora?
8. És pessoa de gatos ou cães?
9. O que é que te mexe com os nervos?
10. Quais são as tuas paixões?
11. Quem não conheces e gostavas de conhecer?

As perguntas que me foram indicadas:
1- Onde esperas chegar com o teu blogue?
Não tenho expectativas, na verdade. Criei o blog numa fase mais dark da minha vida, em que nem dava muita importância a isto e passava meses sem publicar. Foi criado mais em jeito de desabafo. Agora, tento dar-lhe mais atenção, porque gosto de escrever e até gosto da interacção entre bloggers.

2- Se quisesses escolher a música da tua vida, qual seria?
A sério, isto não é pergunta que se faça, eheh! É muito difícil, não consigo mesmo eleger uma. Para cada fase em que estou, há uma música que é "a música da minha vida" nesse momento. Mas nunca é a mesma.

3- Qual a tua viagem de sonho?~
Itália, sem dúvida.

4- Se tivesses todo o tempo do mundo para te dedicares a alguma coisa, ao que seria?
Aos meus sonhos e à minha família. Poder participar a 100% em tudo na vida do meu filho (sem nunca faltar a reuniões ou eventos e poder ser sempre eu a levá-lo e buscá-lo à escola e às actividades), dedicar mais tempo à minha relação, viajar em família, conhecer sítios novos, desenvolver o meu projecto de solidariedade.

5- Chocolate, sim ou não?
Sim, sim, sim!

6- Qual a tua maior ambição?
Again, tough choice! Ter um negócio próprio. Ser mãe a tempo inteiro. Conhecer o país de lés a lés. 

7- O que te faz feliz?
Dormir sem hora para acordar. O sorriso do meu filho. Um abraço do B. 

8- Para ti, o blogue é um “trabalho” ou um hobbie?
Hobbie.

9- Quanto tempo consegues estar sem olhar para o telemóvel?
Horas, se ele não tocar e eu estiver entretida com outra coisa, eheh.

10- Se pudesses escolher um superpoder, qual querias?
Teletransporte.

11- Qual o teu lema de vida?
Ser sempre optimista e ver o copo meio cheio.


Blogs que nomeio para responder a esta tag:
(não são 11, mas valem a pena visitarem!)
Marés

Bloggers que nomeei, se não quiserem responder à tag, não se sintam na obrigação. De qualquer modo, a quem me lê, qualquer um deles vale a pena o vosso tempo. E é isto! Um beijinho e um queijinho.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

O meu novo melhor amigo

Geralmente, não sou muito dada a apps, nem costumo andar em cima das últimas novidades, mas no blog jess&rose, descobri uma que me dá imenso jeito. Neste post, elas dão a conhecer várias aplicações úteis para viajantes. Não é o meu caso, mas entre as mencionadas, encontrei uma que estou a adorar! 


Sou, definitivamente, uma pessoa de listas. Faço listas para tudo e tomo notas de tudo. Desde lembrar-me de preparar lanches/almoço para uma visita de estudo do pequeno, a consultas médicas, exames, as provas de aferição do filhote, lançamento de coreografias novas na academia, estreias de cinema que nos interessam, listas das compras, enfim... tudo o que vocês possam imaginar, eu anoto. Esta aplicação abençoada permite-me fazer tudo isso e andar organizada, sem carregar caderninhos, agendas e papelinhos. Adoro e recomendo para quem tem esta pancadinha, como eu.

domingo, 21 de maio de 2017

Bye bye weekend


A sério, quem foi o idiota que inventou esta treta de trabalhar 5 dias e descansar 2? Todos os domingos tenho em mim esta raiva de antecipação por já estar a acabar o fim-de-semana. Como é que amanhã já é segunda-feira? Como se não bastasse ter que ir trabalhar, ainda tenho que acordar cedo. É o inferno na terra, digo-vos eu. Lá vou eu, às 7h30 da manhã, arrastar o meu mau-humor pré-trabalho para a paragem de autocarro e enfrentar mais uma semana infernal. Que ódio...

sábado, 20 de maio de 2017

Em Modo Saudosista #11

Colecção Ovo Kinder Hippos

Quem se lembra desta colecção amorosa da Kinder? Adquiri muitos, o que me faz pensar agora que, para isso, tive que comer muitos ovos, ahah! Acho que ainda tenho alguns destes hipopótamos foférrimos em casa dos meus pais.