quinta-feira, 20 de agosto de 2015

SNS sempre em grande!

O meu filho, infelizmente, tem um problema de audição, tem 25% de surdez. Para além disso, herdou os meus problemas respiratórios, o pediatra diz que há fortes probabilidades de ele ser asmático e, entretanto, também já foi encaminhado por ele para a alergologista. Teve há pouco tempo uma bronquite, há cerca de dois meses que tem uma tosse (que se pensa ser alérgica) que não o larga, anda sempre a medicamentos. Passamos o tempo a saltar de médico em médico, de especialidade em especialidade, porque o meu pequeno é uma flor de estufa, como a mãe, e adoece muito facilmente. Estivemos um tempão à espera de consulta de otorrino no hospital, no público, lá fomos... em Maio. Marcaram um exame para ontem, que foi fazer, e uma consulta para hoje. Quando chegámos ao hospital, dizem-nos que aquela médica já não dá consultas ali, que deixou de aparecer de um dia para o outro sem dar cavaco a ninguém e que todos os pacientes dela estão em lista de espera para lhes ser atribuído um outro otorrino, sabe-se lá quando. Lá fui obrigada a marcar uma consulta para um privado... onde já fui e sei que ele vai ser atendido e bem acompanhado. Não adoram o sistema nacional de saúde?

1 comentário:

  1. Por acaso não me posso queixar. Mas, também, verdade seja dita, só o uso em urgências. No resto temos seguro de saúde. Fiiquei sem ADSE por vontade própria, porque me compensa o seguro.

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite