segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

José Carlos Pereira


Ontem, a ver "A Tua Cara Não Me É Estranha" pensei, cá para mim, que este homem vai acabar por se perder definitivamente no vício. Muita maquilhagem, muita base em cima para disfarçar o ar estragado que ele apresenta. Já fez reabilitação... Os colegas estendem-lhe a mão, a família apoia-o, mas há-de chegar uma altura em que isso já não vai servir para nada. Na segunda edição, saiu do estúdio no decorrer do programa porque "se sentiu mal". Está cada vez mais emotivo, qualquer coisa que diga, treme-lhe logo o queixo e saltam-lhe as lágrimas. De vez em quando, parece-me que anda ali meio grogue, desnorteado. Nunca o considerei grande actor, já desde que ele apareceu no "Anjo Selvagem" com a Paula Neves. Mas é pena deixar-se levar assim.

5 comentários:

  1. Eu acho-o sempre muito eléctrico... mas não ligo nada a essas coisas nem sei nada sobre a vida complicada dele. Quanto a ele, não me aquece nem arrefece :)

    ResponderEliminar
  2. Ele é tão inteligente, estudante de medicina... não entendo.

    ResponderEliminar
  3. Ana Ricardo, a mim, pessoalmente, tbm não me aquece nem me arrefece, lol. Simplesmente... é sempre triste ver uma pessoa afundar-se assim.

    S*, tb n entendo. Claro que, estando de fora, é dificil entender. Mas, como dizes, ainda por cima inteligente, estudante de medicina. Decerto tinha um futuro promissor.

    ResponderEliminar
  4. As pessoas quando sobem muito alto por vezes não sabem o que fazer, ele caiu nesses vícios...é uma pena, pois é um homem bonito e parece ser inteligente!

    ResponderEliminar
  5. Jovem $0nhador@, acho q foi mesmo isso. Tanta gente famosa q cai no mesmo erro. E, sim, é pena!

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite