terça-feira, 12 de maio de 2015

Casa limpa, cabeça limpa!

Quando tenho a casa desarrumada, com coisas espalhadas, roupa amontoada no sofá ou numa cadeira, papéis por arrumar, enfim... fico rabugenta. Pensei que era só eu. Que era uma parvoíce. Até porque o namorido não entende. E nem o incomoda tanto como a mim. Dá-me imenso gozo ter a casa limpinha e arrumada, apesar do trabalho que isso dá. E enerva-me profundamente acabar de lavar o chão e logo a seguir começar a ver uma migalinha aqui, um pêlo ali, um cabelo acolá. Hoje, em conversa com a minha esteticista, percebi que não sou a única! Já não me sinto só. E ela diz que para o marido dela, tanto se lhe dá. Afinal, o nosso caso não é isolado. Porque ter a casa limpa é sinónimo de ter a mente descansada para mim. E para ela também, segundo me disse. Com vocês é igual?

3 comentários:

  1. Não és mesmo a única não te preocupes =P Eu também me sinto assim =P

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Comigo é igual. E quando tenho coisas para arrumar na cabeça dá-me uma panca valente de arrumar tudo em casa - principalmente gavetas e caixas e afins :) é bom para organizar as ideias.

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite