sexta-feira, 15 de maio de 2015

Desta história do bullying

Sim, eu sou sempre a última a falar sobre as coisas. Quando já toda a gente disse tudo o que havia para dizer, ainda que já tenha visto o vídeo há vários dias, ainda que já tenha feito comentários sobre isso... até à data, não me tinha decidido a postar sobre o assunto: a agressão ao miúdo da Figueira da Foz. A minha primeira reacção quando vi o vídeo foi "Cabras de m*rda, era levarem o mesmo tratamento!". Bom... vamos lá a ver. Esta é a reacção a quente da maior parte das pessoas. Algumas acalmam-se, outras nem por isso. Por outro lado, muitas das ameaças feitas online, não passam disso, porque muitos são aqueles que, por trás de um monitor, são muito valentes e maus, mas nada mais. No entanto, algumas destas ameaças podem vir a concretizar-se e nós nunca sabemos o que passa na cabeça das pessoas. 

1º ponto: não acho que as miúdas levarem umas chapadas, socos e pontapés (como deram ao rapaz) resolva o assunto. O puto vai ficar traumatizado na mesma. E a coisa já aconteceu. Contudo, não posso dizer que não era merecido. Porque acho que era. E não me venham dizer que não tem jeito nenhum as pessoas estarem tão indignadas e acharem que elas também deviam levar, porque, convenhamos, se fosse filho vosso, seriam capazes de ser vocês próprios a espetar uns chapadões naquelas caras. Obviamente, no entanto, não era espancar as miúdas até à morte.

2º ponto: não entendo as pessoas que dizem que elas não deviam ser expostas e humilhadas ao ter o país inteiro a ver aquele vídeo. Porquê?! Acho mais que merecido serem expostas e envergonhadas, espero que se sintam mal e pensem duas vezes antes de ter outra atitude idiota como aquela.

3º ponto: acham que com psicólogos se resolve os problemas destas jovens? E não as podemos insultar e humilhar, coitadinhas, porque são jovens e têm problemas e ficam traumatizadas... e um dia que matem um, olha. Eram jovens, coitadas. Traumatizado terá ficado o rapaz em quem elas bateram!

4º ponto: a exposição e a humilhação pública podem levá-las ao suicídio? Opa, eu lamento pelos pais delas... mas ninguém pensou no que poderia acontecer ao puto a quem elas bateram. Certamente que teria mais motivos que elas para se suicidar. Ser vítima de bullying diariamente provoca graves danos psicológicos. Elas, por acaso, pensaram que ele poderia matar-se? Com certeza que não.

5º ponto: não acho correcto empurrarem o comportamento de m*rda destas gajinhas todo para os pais. Não os conhecemos, não sabemos que tipo de educação deram a estes adolescentes. Os pais não são responsáveis por tudo o que os filhos fazem. Chega a uma altura em que os filhos têm idade suficiente para escolher os seus próprios caminhos, independentemente de como foram ensinados.


Enfim, acho que deve haver um meio-termo. As miúdas não devem ser violadas, como já por aí vi dizerem, mas que devem ser castigadas e bem castigadas pela justiça, isso sim. Não acho que ser adolescente seja desculpa para fazer o que se quer!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Manda o teu bitaite