quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

O fim de uma série

Sou uma autêntica papa-séries e, por isso, acompanho muitas e com muita frequência. Não sou capaz de ver só uma ou duas. Consequentemente, já vi chegar o final de algumas (How I Met Your Mother, Glee, Desperate Housewives). E o sentimento é sempre o mesmo e é semelhante ao que se sente quando termina uma série de filmes (ou livros) que estamos a acompanhar (Harry Potter, Before Sunrise/Sunset/Midnight). Passamos a série toda a ansiar por mais e por saber o que se vai passar a seguir e curiosos com o final. E quando ele, finalmente chega, é a satisfação de saber o desfecho, juntamente com a desilusão porque acabou, especialmente quando são séries mais longas, que se acompanhou ao longo de temporadas a fio. Outro problema é, muitas vezes, o fim não corresponder às nossas expectativas. Vemos aqueles personagens com tanta frequência, entram-nos casa adentro, vivemos as coisas com eles e depois, de repente, acaba. Enfim, tem um sabor agridoce!

2 comentários:

  1. Já somos duas papa-séries eheheeh!

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Fico sempre triste quando uma série que adoro termina...

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite