Seis anos!


Meu pequenino, já tão grande. Este cliché de que o tempo voa é mesmo verdade. Desde que apareceste na minha vida, parece que os anos me fogem por entre os dedos. Lembro-me tão bem de te pegar ao colo pela primeira vez, na tua roupinha amarela, pequenina, ainda de dedinhos fechados, gordinho e maravilhosamente macio. Faz hoje seis anos que me emocionei ao ouvir o teu choro pela primeira vez. Faz hoje seis anos que conheci o amor da minha vida. Amo-te, coisinha boa da mãe. Parabéns!

Comentários

Enviar um comentário

Manda o teu bitaite