sábado, 28 de fevereiro de 2015

A importância do casamento

As opiniões divergem quanto ao casamento. A minha mudou um pouco ao longo do tempo. Durante muito tempo, afirmei que não me queria casar. Nunca. Actualmente, quero. A relação que tenho agora fez-me mudar de ideias quanto a essa vontade. Acho bonito, é uma oficialização da relação, mas serve apenas para os outros. Sim, quero casar-me e mudei de ideias quanto a querer, mas nunca mudei de ideias em relação à importância que isso tem. O casamento só tem a importância que lhe damos, porque, na verdade, um papel a oficializar perante a sociedade a relação que eu tenho em nada vai mudar a minha vida e a minha relação. Já vivemos juntos, fazemos vida juntos, tomamos decisões em conjunto, fazemos planos enquanto casal, oferecemos prendas como casal, temos uma criança. O casamento vai mudar o quê nisso? Nada. Sim, pretendo casar-me. Para comemorar o nosso amor, a nossa vida e partilhar isso com as pessoas de quem gostamos. Mas é tudo. Sei que há pessoas capazes de descartar uma relação com alguém que não se queira casar. E isto é algo que não compreendo e nunca irei compreender. O casamento não deveria ser o objectivo vital de uma relação, mas sim um complemento. Entendo que seja importante para muitas pessoas, mas o que não entendo é que seja um factor eliminatório na escolha de um companheiro, que poderia ser o melhor do mundo e a quem não foi dada uma oportunidade apenas por não se querer casar.

1 comentário:

  1. Concordo completamente com a tua opinião, eu penso o mesmo. Pessoalmente gostava de um dia casar, mas se acontecer namorar com alguém que não o queira não será motivo para terminar a relação.

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite