sábado, 11 de abril de 2015

Educadoras e professoras

Como mãe, tenho sempre uma opinião bastante vincada em relação às pessoas que ficam responsáveis pelo meu filho. Tento sempre também saber junto dele qual é a opinião dele sobre elas, o que fazem durante o dia, quais as reacções e respostas que elas têm ao que se vai passando com ele. Não tenho tido muita razão de queixa, mas às vezes há coisas que falham. 

Durante o tempo em que frequentou o infantário, esteve sempre com as mesmas pessoas e, no geral, não tive razão de queixa. Ele gostava muito delas e deixaram-lhe saudades. Houve uma situação que me deixou incomodada, mas resolvi directamente com a educadora dele e nunca mais voltou a acontecer. E eu sempre mantive uma opinião positiva delas.

Desde que entrou para a pré, temos conhecido muitas outras educadoras e auxiliares, é um mundo maior, com mais meninos, mais pessoas, rotinas mais definidas, outras responsabilidades, outro tipo de actividades. E, no geral, não tenho muito a dizer. Mas a minha opinião relativamente à educadora que está na sala dele... deixa um pouco a desejar. Acho que não é uma pessoa que crie muita empatia com os pais. Também acho que é algo vaga a falar connosco. Por exemplo, da segunda reunião para a terceira, não houve muito a acrescentar. Foram mais ou menos os mesmos tópicos, nada de novo, referiu basicamente o mesmo que já tinha dito na outra reunião. Acho ainda que tem uma atitude pouco correcta no que toca à recepção dos meninos de manhã. Eles entram para a sala às 9h da manhã. Como devem calcular, existe um grande trânsito à porta da escola (como em todas) na hora de entrada. E ela nunca lá está às 9h. Quem recebe os meninos àquela hora é a auxiliar da sala. Todas as outras educadoras estão presentes, menos ela. E, em conversa com outra mãe, que já teve com ela o filho mais velho e tem lá agora a mais pequenina, fiquei a saber que isto sempre foi assim, que sempre foi esta a postura dela. E querem saber qual é a explicação que ela dá aos meninos? É muito boa... Ela diz que àquela hora, as mamãs e os papás vão levar os meninos e por isso estão muitos carros à porta, daí que... ela não consegue estacionar. E, por isso, chega sempre uns 10 minutos depois das 9h. A sério? Que tal chegar 10 minutos ANTES, como todas as outras educadoras?

Por outro lado... não acho que a senhora seja antipática. Fico um pouco de pé atrás com algumas atitudes dela, acho que não é muito boa profissional, mas penso que cuida bem dos miúdos. Eles gostam dela, segundo a opinião de outras mães e do meu próprio filho. Ele quer fazer desenhos para lhe levar e fala bem dela. Quando ele teve uma otite, ela ligou-me logo e quando lá cheguei tinha-lhe posto um algodãozinho no ouvido, para proteger. 

Enfim, acho que, não sendo elas perfeitas, se os nossos filhos gostam de estar na escola, se fazem desenhos para elas, se falam bem delas... é porque devem tratá-los bem, certo?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Manda o teu bitaite