sábado, 9 de abril de 2016

Resultados de uma vida mais saudável

Shame on me, ainda não consegui voltar a deixar de fumar. Mas um dia irão ler aqui que acabou! No entanto, as minhas restantes opções saudáveis continuam em força. Ainda tenho um longo caminho a percorrer (partilho, na devida altura, com vocês um antes e um depois, se continuar a ver resultados), mas estou bem encaminhada. Comecei por fazer mudanças pequeninas, para que fosse gradual e não me custasse tanto. Agora, posso dizer que mudei radicalmente a minha alimentação. E comecei a ver rótulos quando vou às compras. Segundo uma nutricionista que ouvi, a dose máxima de açúcares por 100g de produto, são 0,5g. Comecei a estar atenta quando vou às compras e deparei-me com alguns rótulos bem assustadores, cujas quantidades de açúcares disparam muito para além do recomendado. 

Ora vejam as mudanças que fiz:

- Praticamente, cortei na carne. E, quando como, deixou de ser carne vermelha para passar a ser carne branca;

- Reduzi drasticamente no leite e comecei a substituir por chá, leite de soja (com sabores, porque o sabor do leite de soja só por si ainda não me seduz!) ou leite de côco;

- Cortei nos cereais (quaisquer uns têm açucares, até aqueles publicitados como light) e comecei a comer papas de aveia. Com fruta (banana, pêra, morangos, framboesas), mel, canela, cacau. E para fazê-las vario entre leite normal e leite de côco ou amêndoa;

- Substituí a manteiga no pão por queijo Philadelphia light;

- Deixei de comer pão três vezes por dia e passei a comer só uma;

- Substituí o fiambre de porco por fiambre de frango;

- Cortei quase totalmente na batata, no arroz e na massa;

- Os snacks deixaram de ser bolachas de chocolate e afins para ser substituídos por fruta, batata-doce ou bolachas de milho (ao natural, com sabor a queijo/manjericão, azeitonas/cebolinho ou cobertas com chocolate negro);

- Comecei a usar sementes nos iogurtes (até agora, experimentei de abóbora, girassol e linhaça);

- Descobri que os refogados podem ser incluídos numa dieta saudável, desde que o azeite seja, obviamente, numa quantidade moderada e que não se deixe dourar excessivamente a cebola. Ou seja, envolvê-la no azeite e acrescentar o que se quer cozinhar pouco depois;

- As minhas refeições são quase sempre saladas, omeletes (menos frequente do que as saladas) ou wraps. É bom porque posso fazer uma variedade de coisas e juntar o que me apetecer no momento. Tenho usado muito couve roxa, canónigos, alface, tomate, rúcula, cogumelos, pimento vermelho, milho, atum, camarões, rebentos de soja;

- Substituí as natas por queijo fresco batido;

- Substituí os iogurtes Continente que bebia pelos 0% Slim da mesma marca, que têm menos açucares e são uma delícia;

- Descobri o queijo quark para barrar nos wraps;

- Comecei a usar cogumelos frescos em vez de enlatados (muito melhor!);

- Comecei a comer muito mais sopas;

- Cortei totalmente nos sumos.


Ainda tenho por experimentar:

- Quinoa (sugerido por uma colega da academia);

- Creme de barrar de soja (sugerido por uma colega da academia);

- Frutose, para substituir o açúcar (sugerido por uma colega da academia);

- Bacalhau à brás sem batatas fritas (sugerido pela K no meu último post, obrigada! Já ando a pesquisar receitas);

- Tostas de quinoa (sugerido por uma colega da academia).


Aceito sugestões!

Aqui ficam alguns dos produtos que tenho andado a experimentar e dos quais fiquei fã.













Todo o exercício que tenho feito e estas mudanças alimentares têm dado alguns resultados:

- Mais flexibilidade
- Mais força
- Mais energia
- Mais equilíbrio (obrigada Body Balance!)
- Menos volume
- 4kg a menos em 10 dias

O balanço é positivo e, por isso, para continuar. Foco e força de vontade!


P.S. - Não se esqueçam de seguir o blog no facebook Bitaites da Cy

15 comentários:

  1. Nossa! As coisas que teria de mudar para termos uma alimentação semelhante. Mas parabéns! Tenho tentado e sou uma nódoa nisto. (Não sou muito dada a comer. Nunca fui!)

    E não há nada a agradecer. Se podes continuar a comer essa delícia, sem te prejudicar, há que aproveitar. :)

    Beijinho :*

    ResponderEliminar
  2. K, eu tive muita dificuldade em conseguir isto, mas agora espero conseguir continuar. Gosto muito de comer e tenho que me virar do avesso em imaginação para inventar, porque dieta até faço, mas tem que me saber bem! Caso contrário, o esforço começa a parecer demasiado e começo a ter recaídas :P

    Eheh, é que sou perdida por bacalhau à brás! *.*

    Beijinho :*

    ResponderEliminar
  3. 4 kg! Muito bem :)
    São realmente muitas mudanças mas tudo vale a pena se te sentes bem contigo própria.

    ResponderEliminar
  4. Adoro bolachas de milho, mas nunca vi essas com sabores... Onde compra? :)

    ResponderEliminar
  5. Joana, são mesmo. Mas é uma questão de hábito e força de vontade porque se esta faltar... vai tudo por terra :P e o mais importante é mesmo isso, sentir-me bem!

    Dina, compro no Continente :) muito boas!

    ResponderEliminar
  6. Philadelphia light é óptimo! E quinoa também! Se quiseres começar devagar, experimenta juntar arroz integral com um bocadinho de quinoa, assim se não gostares, tens sempre o arroz. Mas vais gostar (=

    ResponderEliminar
  7. Sofia, a pessoa que me falou da quinoa falou tão bem, que estou a contar que seja bom :P eheh, já comprei! Mas ainda não provei.

    ResponderEliminar
  8. :)

    Sugestões que resultam comigo:

    Comprar as tortitas de arroz ou milho simples e sem sal (de preferência) barrar com uma camada simples de manteiga de amendoim e colocar queijo fresco magro em cima... normalmente como 2, divido 1 queijo em ambas e acompanho com uma taça bem cheia de sopa! A manteiga podes fazer em casa se tiveres uma picadora, compra amendoim natural, torra levemente e tritura, 300/500gr faz um pote tipo os de compra!

    Fruta que resulta comigo..abacaxi! Compro inteiro, parto em cubinhos e guardo numa caixa no frigo e vou-me servindo em porções. Junto com queijo quark e 1 gelatina também me sabe muito bem, podes adoçar com um pouco de mel se necessário!

    ;)

    ResponderEliminar
  9. M, parece-me bom! Gosto muito de abacaxi! Acho que vou experimentar :)

    ResponderEliminar
  10. Há várias opçoes... eu uso muito as saladas de atum e feijão frade. Depois além das papas de aveia que tb gosto ( em modo arrox doce leite canela e limao) faço panquecas de aveia e linhaça. Se quiseres posso explicar como... não quero estar a debitar demasiada informaçao ;)

    ResponderEliminar
  11. Há várias opçoes... eu uso muito as saladas de atum e feijão frade. Depois além das papas de aveia que tb gosto ( em modo arrox doce leite canela e limao) faço panquecas de aveia e linhaça. Se quiseres posso explicar como... não quero estar a debitar demasiada informaçao ;)

    ResponderEliminar
  12. Eu uso sempre canela nas papas de aveia, gosto muito :) e tbm como as saladas de atum e feijão frade :) as panquecas já vi por aí, mas nunca experimentei. Como fazes essas de aveia e linhaça?

    ResponderEliminar
  13. Bem... eu uso uma caneca de café média (imagina os copos de vidro dos iogurtes danone) coloco 1/3 farinha integral ou normal com fermento, 1/3 linhaça dourada moida e 1/3 aveia em flocos. Depois bato numa taça juntando uma medida igual de leite. Depois deixa repousar um pouco ... mexe e frigideira...tipo 1concha rasa por panqueca. Misturo tb canela na massa. No final espalho mel e canela em cima. Se quiseres podes colocar rodelas de banana quando está a fazer... fica delicioso entranham se na massa!!!:)

    ResponderEliminar
  14. Bem... eu uso uma caneca de café média (imagina os copos de vidro dos iogurtes danone) coloco 1/3 farinha integral ou normal com fermento, 1/3 linhaça dourada moida e 1/3 aveia em flocos. Depois bato numa taça juntando uma medida igual de leite. Depois deixa repousar um pouco ... mexe e frigideira...tipo 1concha rasa por panqueca. Misturo tb canela na massa. No final espalho mel e canela em cima. Se quiseres podes colocar rodelas de banana quando está a fazer... fica delicioso entranham se na massa!!!:)

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite