segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Halloween


É verdade que, quando era miúda, não havia nada disto de Halloween. Na escola primária, não festejávamos isto e agora os miúdos vão mascarados para a escola nesta data. Por cá, começámos a "celebrar" o Halloween mais tarde, ainda em idade escolar mas já mais velhos, andando pela rua mascarados (ainda não éramos muitos a fazê-lo) e a fazer festas temáticas em casa. Ou seja, isto já apareceu em Portugal há alguns anos... mas continuamos a ter sérios problemas em aceitar o que é mais uma festividade. 

Ainda que não tenha mais nenhum significado, porque não faz parte da nossa cultura, dá para o pessoal se divertir. Quem quiser sair à noite ou ir a uma qualquer festa de Halloween, aproveita a data para se mascarar, fazer algo diferente. E quem tem filhos deixa-os aproveitar uma coisa que é divertida para eles. Sei que isto não é uma tradição portuguesa, mas porque é que temos que nos indignar com tudo? Eu cá acho muito giro a forma como vivem o Halloween nos EUA, é engraçado. Aqui não tem o mesmo peso.

Comentários sobre como estarmos a deixar de festejar o Carnaval, e que este até já passa despercebido, para festejar o Halloween, como já vi, são só ridículos. Ainda não dei conta em ano nenhum que o Carnaval tivesse passado despercebido fosse onde fosse e continua a ter mais peso como festividade a nível nacional do que o dia das bruxas. Por isso, não digam asneiras. Além disso, porque raio não se podem festejar as duas datas? Parem lá de se preocupar com merdas que não importam, sim? Se vos passa ao lado, percebo muito bem... não sou a maior entusiasta nem de um, nem de outro, mas não há motivo para tanta indignação acerca destes festejos.

2 comentários:

  1. Concordo ctg. Quem se quer divertir tem aqui uma boa oportunidade. Quem não quer também não precisa de se aborrecer com isso

    ResponderEliminar
  2. Têm muita gente no mundo e têm gente suficiente para gostar de tudo um pouco 😉!

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Férias 2019 #3