quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Obrigar as crianças


Ainda não tinha visto as declarações tão polémicas deste senhor, mas, ao ver tanta crítica dura ao homem, decidi ir ver o vídeo. E caiam-me lá em cima, se entenderem, mas eu concordo com ele. Os argumentos de quem discorda, dentro e fora do programa, são que os beijinhos aos avós não são violência nenhuma e que é uma questão de respeito e educação, bem como de normas na sociedade. Mas desde quando? Porque raio é que temos que ensinar aos nossos filhos que é OBRIGATÓRIO cumprimentar seja quem for, até familiares, com beijos? Pá, não. O respeito e a educação passam por cumprimentar as pessoas, dizer olá, sorrir, acenar. Se ela quiser dar um beijinho, óptimo, se não, porque é que isso é uma falta de educação? Se um adulto não quiser cumprimentar com um beijo, ninguém o obriga. E está tudo bem com isso. Porque é que querem obrigar os miúdos? E quem está mal são aqueles que dizem que as normas da sociedade ditam que deve ser assim. Mas que raio? Ditam que se seja educado e se cumprimente! Isso não inclui um beijo. Forçar a criança com certeza que a faz pensar que, se um adulto exige que ela tenha essa intimidade, ela é obrigada a dizer que sim. E, sendo criança, que não tem maturidade para distinguir as coisas tão bem como um adulto, se um dia acontecer de a quererem forçar a coisas piores, ao ver que é um adulto e, principalmente, se for familiar, ela também vai sentir que tem a obrigação de dizer que sim! É disso que se trata. O corpo da criança é delas, não é dos pais. Ensinem-lhes respeito, a cumprimentar as pessoas que estão à sua volta, a responder quando as cumprimentam a elas. Ensinem que uma forma de cumprimento é o beijinho na bochecha, mas, por favor, não as obriguem a beijar ninguém. Ensinem-nas antes que, se algum contacto físico as faz sentir desconfortáveis, têm todo o direito de dizer que não. É mais importante para vocês que o adulto não se sinta ofendido com esse comportamento ou que a vossa criança saiba que tem a liberdade de dizer que não a qualquer intimidade que a incomode? É uma questão de prioridades. Para mim, o meu filho está acima de tudo, incluindo a opinião dos outros sobre a educação que lhe dou.

8 comentários:

  1. Também concordo com ele, acho absurdo que se obriguem as crianças a cumprimentar pessoas que não querem. Se uma criança não quer cumprimentar um familiar de certeza que deve ter um motivo...

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O motivo até pode ser simplesmente não se sentir confortável com essa intimidade. Não precisa ter outra razão! Intimidade física não deve ser forçada em ninguém...

      Eliminar
  2. Mais do que concordar com ele, fico feliz por ver que mais e mais pessoas começam a compreender o que ele quis dizer - mesmo, e muito bem, recorrendo a um "exemplo extremo"!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, ficou tudo muito ofendido por ele ter dado o exemplo dos avós... não percebo porquê. São adultos como os outros, não deve forçar-se as crianças a beijá-los, tal como a mais ninguém. Mas fazer o quê? As pessoas acham que a educação passa pelo beijo na face... infelizmente.

      Eliminar
  3. 100% de acordo! Para mim um beijo é uma demonstração de afeto como tal nunca deve ser considerado uma obrigação. Quanto à questão de ser educação e respeito informo que me preocuparia muito mais se um filho meu não dissesse "bom dia", ou "tudo bem?", ou "obrigada", ou "por favor" do que se negasse a dar um beijo aos avós ou outro familiar qualquer.
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente o meu ponto de vista. Ser bem educado é saudar, cumprimentar. O beijo não precisa ser incluído nisso!

      Eliminar
  4. Eu só vi uma parte, a tal parte polémica e parece que ninguém entendeu.

    Claro que não é o acto em si de dar um beijo aos avós ou a quem quer que seja. É o acto da "obrigação"... Mas lá está, ninguém entendeu mesmo...

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente. É bom perceber que houve mais gente que alcançou o que ele disse! É que parece que Portugal inteiro ouviu isto: "dar um beijo aos avós é mau para as crianças e vão ficar traumatizadas o resto da vida"... e não o essencial, que é "não se obriga crianças a ter intimidade física com ninguém"!

      Eliminar

Manda o teu bitaite

Qualidades e defeitos

Aproveitava um momento de descanso  da Alice para começar o caderno de saúde dela, como tenho para o meu filho, onde aponto tudo o que está...