quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

E este Natal?

Nesta altura, costumo organizar a iniciativa Madrinhas e Padrinhos de Natal da Luta Por Um Sorriso. Também costumo fazer cabazes de Natal para as famílias que ajudamos. Porém, este ano, com o nascimento da Alice, não consegui dedicar-me a nada disso. Comecei a recolher itens para os cabazes há dois dias e espero conseguir o máximo de coisas, mas de resto, tudo parado.

Também é habitual começar a comprar as prendas cedo, ali algures no verão, ou mesmo mais cedo, se vir algo que me agrade para oferecer. Mas com a gravidez, andei ocupada em consultas, exames e em organizar tudo para a chegada da bebé. Além disso, a determinado ponto, já não estava capaz de fazer, nem pensar em nada, com todos os calores que me acompanharam até ao fim, as dores cada vez mais insuportáveis, a falta de posição para dormir e todos os desconfortos inerentes à gravidez.

Felizmente, já consegui comprar quase todas as prendas, só me faltam três. Consegui decorar a casa na altura certa e já me organizei para os almoços e jantares de natal com a família. À medida que vai crescendo, começa a ser demasiada gente para conciliar e não é fácil. Quando era miúda, jantávamos na véspera com a família do meu pai e almoçávamos no dia 25 com a da minha mãe. Entretanto tive o meu filho. Que também passa esta época com o pai, pelo que temos que dividir a data. Depois casei. E tive a Alice. Agora é preciso conciliar a minha família (que é enorme) e a do marido. Toda uma ginástica.

Este vai ser o primeiro Natal sem o meu tio. Que partiu há 8 meses. Já prevejo um dia difícil... Ele dizia que não faria falta a ninguém quando morresse. Como estava enganado. Como há tanta gente a sentir a sua ausência. Como dói saber que ele nunca vai conhecer a minha filha... Por outro lado, vai ser o primeiro Natal com a Alice. Certo que ela ainda não entende nada e vai ter apenas dois meses. Mas é uma lufada de ar fresco. Minha princesa que veio para dar cor a um Natal que se prevê cinzento.

3 comentários:

  1. Este Natal também vai ser cinzento cá em casa, pois a minha sogra ficou viúva recentemente. Mas é preciso força e continuar a viver.
    Beijinhos
    Visita o sítio da Mamã Coruja.1

    ResponderEliminar
  2. As crianças têm sempre essa magia na nossa vida, a de nos mostrar que existe sempre vida para também celebrar.

    Prendas no fim do verão? Quem me dera ser assim organizada :-)

    ResponderEliminar
  3. Só eu é que ainda não tenho nada :(.
    Uma criança então ainda bebe é sempre uma alegria

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Férias 2019 #3