sábado, 15 de dezembro de 2018

Violência doméstica


Há dias, vi este vídeo no facebook e tocou-me. Achei comovente a forma como o rapaz é carinhoso com ela antes e depois da actuação. E a performance de ambos é perfeita. Conta uma história e eles são bastante expressivos e talentosos. Não consigo ficar indiferente a qualquer tipo de injustiça e a violência doméstica inclui-se nesse leque. Não consigo conceber que alguém trate tão mal, muitas vezes com um final trágico para a pessoa agredida, a pessoa com quem partilha a vida. Não existe motivo nenhum que possa justificar a agressão.

Sei que a generalidade das pessoas tem tendência a julgar as mulheres agredidas por não deixarem o parceiro. Não entendem como é possível que aceitem continuar numa relação assim, onde são saco de pancada, onde não são respeitadas, nem amadas. Mas como alguém que já esteve numa relação tóxica, digo-vos que tentem ter um pouco mais de compaixão. Não é fácil. Devia ser! Contudo, quando a pessoa agredida depende financeiramente do agressor, por exemplo, é extremamente complicado sair. Claro que nada paga a saúde e a felicidade. Mas não podemos pensar que é fácil. E há o factor medo. Nem todas as mulheres têm coragem para enfrentar quem lhes faz mal. Sabendo que as podem matar. Que podem descarregar nos filhos. Que as podem seguir para todo o lado, roubando-lhes toda a liberdade. Que lhes podem ir fazer uma cena no local de trabalho. Que podem ser o parceiro perfeito à frente de toda a gente e levar todos a crer que a vítima é doida e deitando por terra todas as possibilidades de acreditarem nela, se um dia decidir contar a alguém.

Não julguem. Ajudem.

2 comentários:

  1. Entendo a parte da questão financeira, mas não entendo como ´muitas (e não quero com isto generalizar porque cada caso é um caso) não encontram alternativas!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo quando encontram uma saída, muitas vezes, eles infernizam-lhes a vida já depois da separação :(

      Nos casos em que o agressor vira toda a gente contra a vítima, é muito difícil sair dessa situação quando ninguém acredita e sem ajudas.

      Penso que o medo de que os filhos sofram as consequências também deve pesar muito.

      Mas também é verdade que há mulheres que acreditam sempre que eles podem mudar...

      Eliminar

Manda o teu bitaite

Locais a conhecer #14 \\ Porto

Já falei aqui muitas vezes nesta cidade e em como ela tem lugar cativo no meu coração. Adoro de paixão a cidade Invicta. Garantidamente, se...