domingo, 7 de julho de 2019

O horror da idade!

Na semana passada, fui com o meu filho à escola nova, para concluir a matrícula. Vai ingressar no 5º ano na única escola preparatória que existe cá na terra, sendo, portanto, a mesma que frequentei durante cinco anos e onde concluí o 9º ano. 

Apesar de, nestes cinco anos de pré-escola mais primária, ter lá entrado meia dúzia de vezes, por ser a sede do agrupamento de escolas, foi sempre ali à entrada, onde está a secretaria. Desta vez, percorri o recinto da escola, para chegar à sala atribuída para tratar das matrículas da turma dele. Uma sala onde eu tive tantas aulas!

Quando entrei para ali, vinda da primária, claro que me parecia tudo avassalador, enorme, confuso. Com blocos e salas, quando estava habituada a ter uma única sala para todo o tempo de aulas. Saí daquela escola em 2003 e agora, 16 anos depois (!!! como assim??), parece-me pequena (apesar de eu não ter crescido muito em tamanho 😂).

Bateu uma saudade...
Estava sentada dentro da sala enquanto a senhora para lá mexia no computador e, ao olhar em volta, comecei a lembrar-me de uma vez em que um colega meu se enfiou dentro do armário. Da professora de francês que estava sempre de sorriso na cara, mesmo quando nos repreendia. Das aulas de história que tínhamos ali com a estagiária. Dos últimos dias de aulas em que andávamos a tirar fotos, a jogar jogos e a recolher dedicatórias.

Ao percorrer o recinto, lembrei-me de todas as vezes em que jogámos às escondidas, em que corríamos para o bar quando tocava, em que passámos intervalos e furos no campo de basket, das aulas de educação física naquele campo.

Quando fui à secretaria buscar o comprovativo, cruzei-me com aquela que foi minha professora de Matemática e Formação Cívica, bem como directora de turma, do 7º ao 9º ano. Sempre querida. Gostava muito dela. Falou-me super bem, relembrou algumas coisas, disse ao meu filho para ir ter com ela sempre que precisasse de alguma coisa ali na escola. Uma das funcionárias que lá estava comentou com ela "Já viu a nossa Cy... já com dois filhos!".

Tenho saudades. Se, para muita gente, a adolescência foi o pior período da sua vida, para mim, foi dos melhores. Fui muito feliz nessa altura. Se me dessem oportunidade de revisitar uma parte do meu passado, era essa que escolhia. E voltava já hoje.

4 comentários:

  1. Apesar de tudo, não sinto saudades nem falta desses tempos... Sempre que entro numa escola, passo-me =p

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Guardo excelente recordações das escolas por onde passei (menos da primária confesso). Também eu quando entro nessas escolas recordo-me dos mais variados momentos que por lá passei, e penso como é que passou tanto tempo e eu ainda tenho isso tão vivo na minha memória! Espero que o teu filho seja tão feliz como tu nessa escola!
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Que maravilha, que seja assim também para o "Pequeno" que em breve começará um novo desafio. Bjs

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Férias 2019 #3