terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

O Meu Conto de Fadas #12


Quando descobri que me mentiu sobre a idade dele

Como já vos contei, eu e o B. conhecemo-nos na noite. E a malta, quando se conhece na noite ou na internet, tem alguma tendência para embelezar certas características. A mais frequente é a idade, que, geralmente, é arredondada para cima. Eu nunca fiz isto, porque nunca senti necessidade, mas muita gente o faz, para se tornar mais apelativo às outras pessoas, já que é um factor que costuma pesar na aproximação à pessoa, se a achamos muito nova ou não.

E o B. foi uma das pessoas que escolheu esconder a verdadeira idade. Quando o conheci, tinha 22 anos e ele 18, mas disse-me que tinha 19. Nunca questionei, inclusivamente, no aniversário dele, fomos sair com amigos (ainda não namorávamos, mas pouco faltava) e eu pensei sempre que ele comemorava 20. E foi uma coisa que durante muito tempo não veio à baila.

Um dia, por qualquer razão que agora não me recordo, ele precisou ir fazer uns exames ou análises e eu fui com ele à clínica. Uma das coisas que a recepcionista lhe pediu foi a data de nascimento. Quando ele respondeu, não percebi logo, mas depois... depois, fiquei a pensar. E perguntei-lhe se não se tinha enganado no ano, ainda ao balcão. Ele disse-me que não. Calei-me, mas fiquei super intrigada e à espera de uma explicação.

Já cá fora, não hesitei em perguntar sobre a questão da idade e foi aí que ele me contou que era um ano mais novo do que me tinha dito quando nos conhecemos. Não tinha sido por mal e, entretanto, tínhamos começado a sair, a gostar um do outro, as coisas evoluíram, já estávamos juntos e não tinha encontrado forma de me dizer a verdade até àquele momento, porque já tinha passado demasiado tempo.

Se vocês soubessem como fiquei lixada... Fiquei mesmo danada e fiz-lhe saber isso mesmo. O que me chateou nem foi tanto ele contar aquela mentirinha inofensiva, que em nada afectava a nossa relação. Não nos conhecíamos quando o fez e foi apenas um ano de diferença da idade real. Mas fiquei muito f*dida por ter deixado as coisas avançarem e já ser namorada dele sem saber a verdade. Acabou por passar e ele pediu-me imensas desculpas, mas passei o dia inteiro sem lhe dirigir a palavra!

4 comentários:

  1. Agora é uma história que vos faz soltar gargalhadas, de certeza!

    ResponderEliminar
  2. Por um ano e mesmo assim escondeu? E realmente a pessoa tende é a "envelhecer-se" ainda mais =P

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Também me tinha passado como tu, mas realmente vai-se a ver e não tem assim tanta importância.

    ResponderEliminar
  4. ahahah Irrelevante, mas relevante.

    Oh Cynthia, o meu primeiro namorado a sério, quase nos 18 anos, era bem mais velho que eu... e mentiu-me numa diferença de 10 anos. Não se notava assim tanto, acho eu. ahahahahahah

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Férias 2019 #3