terça-feira, 21 de agosto de 2018

Gente abelhuda

Há umas semanas, abriu um mini mercado mesmo por baixo do meu prédio. O que acho maravilhoso, na verdade. Dá imenso jeito! Posso comprar pão fresco todos os dias, se me faltar pequenas coisas como leite, manteiga, queijo, papel higiénico... enfim, para desenrascar, é só descer e ir comprar, em vez de ter que me deslocar ao supermercado para trazer duas ou três coisas. Contudo, cada vez que tenho que lá ir, preciso de respirar fundo e mentalizar-me que é para me despachar. E porquê? Há duas pessoas a atender lá, um casal, alternadamente. O senhor é top, super bem educado e simpático, cumprimenta os clientes ao entrarem na loja, tudo normal. Já ela... lá simpática é. Demais. É uma intrometida que não se pode. Não aguento a senhora... Trata-nos como se nos conhecesse há uma vida, querida isto, querida aquilo. Onde trabalho, que idade tenho, se vou ter menino ou menina, se já tenho um menino, se depois já não penso ter mais (esta ficou sem resposta)... hoje até me perguntou, quando lhe disse que trabalhava na Autoeuropa, se recebia 1000€!!! Mas que...? A sério? Só lhe respondi um não seco, não lhe disse o valor, mas que tem ela a ver com isso afinal? E com tudo o resto, já agora? Faço os possíveis para não olhar para ela e respondo-lhe com monossílabos, mas acho que se habilita, um destes dias, a levar uma resposta torta. Ando a evitar, porque quero continuar a ir ali sem criar mau ambiente, mas é das coisas que mais abomino... gente intrometida, a fazer-me perguntas sobre a minha vida, sem me conhecerem de lado nenhum! É que não lhe dei confiança para isso. Saio de lá sempre a espumar de raiva! 😂

9 comentários:

  1. Também não gosto quando se põem a fazer mil e umas perguntas. Por norma dou meias respostas. E para gente assim é o que basta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que eu faço, mas apetece-me tanto mandá-los para um sítio feio...

      Eliminar
  2. Ai, não, isso não dava para mim =p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer... para mim também não e eu não suporto :P

      Eliminar
  3. Isso acontece regularmente aqui na zona! É um meio pequeno e depois conhece-se o primo, ou a cunhada do amigo e pronto acham que já é o suficiente para serem intrometidos!
    Falta de noção é o que é!
    https://jusajublog.blogspot.com/?m=1

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca vou perceber porque é que as pessoas se sentem nesse direito... É mesmo muita falta de noção!

      Eliminar
  4. É por isso que não vou nem ao café nem ao cabeleireiro da minha rua. Mini mercado não tenho, mas se tivesse seria a mesma coisa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O café aqui da rua é de amigos e a cabeleireira conhece-me desde pequena, pelo que há outra confiança. Mas esta mulher não me conhece e, mesmo assim, sente-se no direito de se meter na minha vida. Que raiva...

      Eliminar
  5. Quero acreditar que as pessoas assim, não o fazem por mal.

    Mas realmente, é preciso lata.

    Beijocas

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Férias 2019 #2