sábado, 3 de novembro de 2018

Ser pai

Ontem veio jantar cá a casa um casal, pais de uma bebé de dois meses, que me fez perceber a sorte que tenho com o marido que escolhi. O Bruno é um paizão babado mesmo, a Alice é a menina do papá e ele anda sempre de roda dela, a tentar perceber se está tudo bem, se comeu o suficiente, se quer arrotar, se tem a fralda limpa, se tem sono, se tem soluços, se não parou de respirar, se tem o pescocinho limpo ou se escorreu para lá leite, se tem frio... enfim, questiona tudo e está sempre atento. 

É capaz de passar imenso tempo com ela ao colo e faz tudo: dá-lhe banho, muda-lhe as fraldas, veste-a, adormece-a, coloca-a para arrotar, prepara-lhe o leite quando é hora de dar o da lata, dá-lhe o suplemento. Até canta para ela! Também tem colaborado na limpeza da casa, na preparação das refeições e nas tarefas domésticas em geral. E sempre que é preciso alguma coisa do supermercado ou da farmácia lá vai ele. Como passei por uma cesariana e me custa um bocadinho limpar as pernas depois do banho, ele ajuda-me. Se a Alice chora durante a noite, ele levanta-se, tal como eu.

A dinâmica deste casal que cá veio é completamente diferente. O pai não troca uma fralda, nem dá banho à filha, porque lhe faz confusão, por "ser menina". Desculpas, digo eu... Quando a filha chora, se ele lhe pega, é para ir levar à mãe. A rapariga não pode ir à sanita ou tomar banho sem que o marido lhe leve a criança, porque esta estava a chorar. E só ela é que acorda durante a noite para cuidar da bebé. Meu rico marido...

6 comentários:

  1. Na creche onde trabalho há imensos casos como o do casal vosso amigo. E o que vejo é que as mães andam sempre cansadas. Ainda bem que não é o teu caso e que há muitos pais que partilham todas as tarefas. Espero não me enganar mas acho que quando formos pais o meu namorado vai ser muito participativo. Vai ser um pai galinha, quase de certeza.

    ResponderEliminar
  2. O meu marido também era assim, felizmente. Os pais até se deviam sentir felizes por tratarem do bebé não compreendo quem não o faz...

    ResponderEliminar
  3. Olha que lata que esse sr tem! Coitada da rapariga não sei como é que ela aguenta...

    ResponderEliminar
  4. Faz-lhe confusão por ser menina? Está certo =P já ouvi desculpas mais criativas. Realmente é nestas alturas que nos apercebemos da sorte que temos!

    ResponderEliminar
  5. Desculpas é o que é! Quando a bebé chora de noite também não se levanta por ser menina??? Pois, ter um filho assim não custa nada. É fazê-lo e depois alguém há-de tomar conta dele! Tenho é pena dessa mãe. Daqui a uns tempos vai-se sentir completamente exausta!
    https://jusajublog.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Deus me livre! Eu não quero ter filhos, mas há muitas mulheres que têm porque, mesmo querendo elas também, os maridos ou namorados insistem bastante.
    Mas é muito giro fazê-los, mas depois acontecem estas coisas.

    Deus me livre mesmo.

    Beijocas

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Férias 2019 #3