domingo, 21 de setembro de 2014

Ainda do casamento

Ora... já matei a cabeça com isto dos preparativos. O orçamento é baixinho, muito baixinho comparado aos preços praticados nos locais que fazem estes eventos. Não tenho capacidade financeira para suportar o tipo de festa que tem tudo. Vai daí... comecei com uma lista de convidados (das duas partes) de 150 pessoas. Acabámos por reduzir para 90. E, finalmente, para 52, perfazendo, connosco, um total de 54 pessoas. E mais que isto não conseguimos reduzir. Dou-me com toda a minha família, foi um custo enorme decidir quem cortar, acabei por cortar da lista quase toda a gente, tios e primos, porque se convidasse uns, tinha que convidar os outros. Mantive poucos e as pessoas não podem levar a mal (podem?) porque eu, simplesmente, não posso pagar um lugar para tanta gente. Encontrei um ou dois sítios que fazem preços mais simpáticos (embora com condições diferentes, mas não se pode ter tudo...). Ainda assim, entre reduzir drasticamente a lista ou cobrar aos convidados o valor do lugar deles, decidi reduzir. Se teremos toda a gente que queríamos a assistir? Não. Não teremos. Mas é para o que dá!

Dos vestidos de casamento, quase entrei em choque ao ver os preços. Sabia que eram caros, sim. Mas, caramba, quem é que pode dar 3000€ por um vestido?! A sério? Não... Vi um ou outro mais baratos... e vi alguns que, não sabendo o preço, sempre posso pegar na foto e correr as lojas de noivas e costureiras para me informar. O meu preferido é o 3º que, por acaso, é um dos que não sei o preço. Vejam lá o que acham!










Das alianças, já tenho quem mas pague. O meu padrinho, fofo que só ele, ofereceu-se para nos comprar as alianças. Queridinho! Ando a ver, com um orçamento máximo de 200€ para o par. As de ouro andam a rondar dos 300€ para cima apenas UM dos anéis. Valha-nos Deus, onde é que isto vai parar? Eu já não gosto muito de ouro e, ao ver os preços, desisti completamente. Vou optar, provavelmente, pela prata, como os meus anéis de namoro e noivado. As opções que tenho em vista, até agora, são estas (com uma grande preferência pelas primeiras):









Por agora, não vos maço mais com isto. Em breve, venho mostrar mais algumas das ideias que tenho em mente! Deêm-me lá as vossas honestas opiniões :)


9 comentários:

  1. Vou-te dar um conselho: eu sei que precisas de poupar, mas alianças em prata não me parece MESMO um opção. É suposto durarem anos, nunca as tirares, e a prata vai ficar arruinada em três tempos. Não podem entrar em contacto com água, nem com nada. Não sei que alianças andas a ver, mas as alianças Eugénio Campos em ouro de 9 quilates são acessíveis. Não digo que consigas a 200 euros o par, mas talvez gastes pouco mais que isso.

    Quanto aos vestidos, mais uma vez, andas a ver nos sítios errados. O terceiro vestido é um Pronoivas, é caro pra burro, pois claro. Aqui na cidade arranjam-se vestidos a menos de 1000 euros... é melhor espreitares bem, que 3.000 euros obviamente não é comportável.

    Beijoca

    ResponderEliminar
  2. O único vestido q sei o preço dos que aqui coloquei é o 1º. São 300€ o q, em comparação com os preços dos vestidos na sua maioria, é barato! Ainda não procurei a fundo em todo o lado e tbm ainda só vi online, atenção :)

    Qto às alianças, eu vi umas quantas Eugénio Campos e a mais barata era 292, o que já é muito :s tenho uma aliança de namoro há 2 anos e tal e um anel de noivado há um ano, ambos de prata e estão intactos. Sei q n é tão bom, mas o preço das alianças n pode ir acima dos 200€ e não consigo encontrar nada q goste a esse valor sem ser de prata :/

    ResponderEliminar
  3. É o grande problema dos casamentos, é carooo =(
    Ainda por cima a familia do meu namorado é gigante, quando a irma se casou foi um casamento para 400 pessoas! Quando for a minha vez nao sei quem vai pagar isto tudo!
    Mas o que interessa é que voces se casem e sejam felizes =)
    Já agora sabias que agora ha uma nova modalidade de "cada um paga o seu" nos casamentos?

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Realmente está tudo muito caro... Quando me casei há alguns anos atrás, as coisas eram mais baratas, mesmo comparando com os preços de hoje.
    Quanto a convidar ou não toda a família, é sempre chato porque lá no fundo há sempre aquela pessoa que vai ficar chateada, mesmo que não mostre, mas não se pode agradar a toda a gente e se não há condição para ter tantos convidados, essa decisão cabe aos noivos e tem de ser respeitada.
    Quanto ao vestido, o meu preferido acho que é o último e as alianças, as últimas também.
    Que corra tudo bem e sem gastar muito dinheiro!
    :)

    ResponderEliminar
  5. Ah é verdade, a minha cunhada casou-se há cerca de 4 anos e comprou o vestido dela numa fábrica (não sei o nome) de vestidos que também vende ao público. Ficou mesmo muito mais barato. É uma questão de pesquisares na net, empresas que façam vestidos de noiva e que façam revenda ao público.
    :)

    ResponderEliminar
  6. Pretty, 400 pessoas seria absolutamente incomportável para mim lol, nem posso suportar 100!

    Sei dessa modalidade, sim. Fiz um post aqui sobre isso! Pedi a opinião. E a opinião geral é que é "de mau tom" pedir dinheiro aos convidados. Eu não acho, mas se conseguisse ser eu a pagar, acho q tbm preferia.

    ResponderEliminar
  7. Paula, lá está... as pessoas podem ficar ofendidas mas acho q não têm o direito. Porque há q compreender q é um gasto q nós estamos a fazer e só nós é q sabemos o q podemos gastar! Se, obviamente, não podemos pagar uma grande festa, não há nada a fazer e têm q respeitar isso.

    Tenho que ir pesquisar sobre isso de comprar o vestido numa fábrica! :)

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite