domingo, 11 de setembro de 2016

52 semanas: Semana 29 #Filmes que me falam ao coração

Não tenho tido muito tempo para o blog nos últimos dias, pelo que tem estado um bocadinho ao abandono, mas aqui fica a semana 29 deste desafio. Possivelmente, até já vos falei de todos estes filmes aqui e todos eles já vi mais do que uma vez.


"A Troca" conta a história de uma mãe na busca incansável pelo seu filho desaparecido. A polícia apresenta-lhe uma criança que querem fazer crer que é sua, quando, claramente, não é. É especialmente tocante por ser uma história verídica. Fala-nos sobre a angústia que é perder um filho e o desespero de saber que não há ninguém disposto a ajudar.


O sacrifício de um pai pelo filho. Esta família é levada para um campo de concentração e este pai faz tudo o que a imaginação lhe permite para que a criança não perceba o que se está a passar e encare toda a situação como um jogo. Passa as maiores provações, que todos sabemos que não são ficção.


Sim, também tenho um lado lamechas, apesar de não ser a coisa que mais se evidencia em mim. E não tenho paciência para todas as lamechices que surgem no cinema e na literatura, mas esta história é qualquer coisa. Um amor que superou tudo, a diferença de estatuto social, a distância, os anos separados e até, por último, o monstro que é a doença de Alzheimer.


Histórias contadas sobre estes momentos que aconteceram nos campos de concentração são sempre difíceis de gerir e, principalmente, quando nos é mostrado de forma tão crua que as crianças sofreram com isso. Este filme mostra a amizade improvável de um menino do lado de fora da cerca com um que está preso no campo. E o fim trágico que isso traz.


Mais uma história de amor capaz de tudo. O marido morre e deixa uma série de cartas para a mulher receber em alturas diferentes. É, simplesmente, linda a forma como ele está a morrer e consegue pensar para além disso isso, encontrando uma maneira bonita para o amor da sua vida ultrapassar a sua morte, recordando os melhores momentos que passaram juntos.


~

Esta é mais uma história do quanto o amor de um pai é capaz de tudo. Este homem perde tudo, o emprego, a casa e, ainda assim, tenta que nada falte ao filho, desdobra-se e faz o impossível para conseguirem dar a volta por cima. O amor faz milagres e quando é por um filho... é capaz de mudar o mundo.

4 comentários:

  1. Nunca vi o "A Vida É Bela". Os outros já. Dos que vi, só não ligo muito ao P.S. I Love You. Portanto, os outros também me falaram ao coração. São histórias fortíssimas. Até o The Notebook, com toda a sua fofice, o consegue ser. Aquele final é só a coisa mais bonita e mais triste, ao mesmo tempo, que já vi.

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    Já vi quase todos os filmes que mencionas... ficamos de lágrimas nos olhos!
    Beijinhos.

    www.trapinhartes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Ainda não vi todos os filmes desta lista... A Vida é Bela é dos filmes mais bonitos que alguma vez vi (=

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite