segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Dois anos depois...

Em Dezembro de 2014, fiz aqui uma publicação acerca da morte de um rapaz num centro comercial de Setúbal. Acompanhei de perto o caso, porque o pequeno era cunhado de uma prima minha. Ela adorava-o e o irmão dele idolatrava-o completamente. Esta perda foi uma punhalada naquela família. Muito foi dito, mas não havia certezas de nada, porque não houve divulgação das imagens das câmaras de vigilância. Penso que muito porque o Alegro não queria responsabilizar-se por nada, nem ver o nome do centro comercial (que acabara de abrir) associado a esta tragédia. Obviamente que era missão impossível; ainda hoje, quando lá vou e, especialmente, passo no sítio onde o acidente aconteceu, me arrepio. Imagino a dimensão daquela queda, a altura que é, como é que algo assim pode ter acontecido e o quanto aquilo custou (e continua a custar) àquela família. Uma perda destas é sempre terrível e pensar que aconteceu a poucos dias do seu aniversário e do Natal... que dor no coração. 

E agora as imagens vieram a lume. Para quem quiser ver o vídeo, deixo o link aqui. Afinal, não ia com um grupo, mas apenas com um amigo. E, afinal, ele empurrou-o. Para a família do Diogo (o rapaz que morreu), este amigo sempre foi inocente. E ele nunca contou que tinha tocado no outro. No vídeo, vê-se, desde lá de cima, o amigo a dar-lhe toques no braço (ou no peito, nem percebo bem) com ele sentado no corrimão. Claro que ele não devia vir lá sentado, pois não. Mas que importa isso, na verdade, se ele já cá não está? O pobre rapaz nem teve hipóteses. Acabou por se desequilibrar e cair. A pedido da família, faço divulgação do vídeo e da notícia, porque o ministério público, dois anos depois, parece estar esquecido deste caso. Nada foi feito.

Lamento!

6 comentários:

  1. Já tinha visto o vídeo, e sinceramente não cheguei a nenhuma conclusão... Realmente vê-se o outro rapaz a tocar-lhe e a queda em si também foi muito estranha... Enfim, um caso complicado...

    ResponderEliminar
  2. Pois, tb tenho alguma dificuldade em entender a reacção tanto de um como de outro. Tudo estranho... mas o q importa é q ele já cá não está :/

    ResponderEliminar
  3. É um bocado estranho, mas eu vi o vídeo na televisão em camara lenta, e sinceramente dá a sensação que o rapaz já estava inanimado quando caiu. Se reparares, entre a 1ª vez que surge na imagem e que cai o corpo está imóvel, tipo inerte. Dá a sensação que o outro rapaz se apercebe disso e começa a dar-lhe toques...talvez a chamá-lo?? Eu sei que isto parece um pouco rebuscado, mas quando vi as imagens lembrei-me de imediato de um amigo meu que tinha ataques e ficava inerte, de olhos abertos e a piscar, mas não tinha qualquer reação...descobriu-se depois que os picos de adrenalina lhe despoletava esses ataques... :( é triste que tenha falecido, isso é o mais grave...

    ResponderEliminar
  4. Pois... aquilo também me suscita algumas dúvidas, é difícil de entender o que é que se passou :/

    ResponderEliminar
  5. Verdade, Cynthia. O mais triste é mesmo isso!

    ResponderEliminar
  6. quando aconteceu fez-me muita confusão e quando vo ao alegro e impossível não me lembrar sempre disso.
    ao ver estas imagens, que e uma coisa que não me sai da cabeça, claro que o miudo nao devia ir ali, mas o amigo empurra-o mesmo, e estranha a situação....ate me chega a parecer que deu qq coisa ao miudo, ai não sei, apenas sei que se perdeu uma vida de uma forma estupida....e penso que podia ser un sdos meus :(

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite