quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Pedaços do meu mundo #11


Este foi o momento em que recebi a minha faixa e o meu diploma no final do 12º ano, no baile de finalistas. Há 12 anos, foi o ano em que pintei e cortei radicalmente o cabelo: ficou curto, espetado e vermelho. Foi também o ano em que aprendi a dançar valsa (não me peçam é para o fazer agora... porque acho que já não sei!). Fui, provavelmente, a única pessoa que não tirou fotografia com o par e veio de lá com apenas meia dúzia de fotos e todas tiradas assim à socapa. O que não é normal em mim, porque sou uma fotógrafa compulsiva, que gosta de registar tudo, mas naquela altura, dava pouca importância à escola, ao baile e a todo aquele circo. Provavelmente por isso é que fui das poucas que não levou ao baile um vestido de gala a custar os olhos da cara, mas sim um vestidinho assim mais formal, comprado numa loja do shopping. Também não fui à viagem de finalistas, porque simplesmente não quis. Naquele momento, era uma miúda desejosa de acabar o secundário e sair da escola para começar a trabalhar. Estava a meses (ainda não sabia, claro) de entrar para o primeiro callcenter onde trabalhei. Hoje, gostava de ter prolongado um bocadinho mais a vida académica, mas não vivo de arrependimentos. Ali, acabou o meu percurso nos estudos para seguir para uma nova etapa. E vivi essa etapa seguinte ao máximo, feliz. Fico agora contente por ter guardado esta foto, pois ela representa um momento de transição na minha vida.

2 comentários:

  1. O fim do secundário é, sem dúvida, um grande marco para todos os estudantes :). Eu também não fui à viagem de finalistas, escolhi ir antes à viagem da minha disciplina de Inglês, que era a Londres, diverti-me muito mais lá do que se tivesse ido a Espanha só para ir a festas.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Comigo foi tudo ao contrário. Tive vestido de baile de finalistas feito por estilista e viagem de finalistas para Palma de Maiorca e embora não estivesse desejando o fim do secundário, comecei logo a trabalhar aos 17 anos e nunca mais parei desde então. Fiz faculdade a trabalhar e houve períodos em que tive 2 empregos. Não me arrependo de nada.

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Preparação para o parto: os pais

Tivemos uma aula neste curso direccionada aos homens, aos pais destes gordos fofos que carregamos nestas barrigas já imensas. E devo dizer-...