segunda-feira, 29 de maio de 2017

É possível amar assim?



Ontem, enquanto cantava a canção de embalar ao meu filho (sim, porque, com 8 anos, ele insiste que lhe cante a lullabye que o ajudava a adormecer em mais pequeno), abraçada a ele na cama, apercebi-me, mais uma vez, que o amor que sinto por ele transborda para fora do peito. É uma coisa fantástica, que acredito só ser entendida depois de se ter filhos (pelo menos, comigo foi assim), porque não há coisa igual, nem remotamente comparável. 

(Sim, no vídeo, sou eu a cantar a tal música para ele)

11 comentários:

  1. Ainda não tenho filhos..mas tenho um sobrinho que me preenche o coração e amigas com filhos lindos! A eles costumo mimar muito ;D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha irmã também é apaixonadíssima pelo sobrinho :P só apetece dar-lhes mimos mesmo!

      Eliminar
  2. Ainda não temos filhos, mas espero um dia poder sentir esse amor :)
    Beijinhos**
    Rose
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Instagram | Youtube

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um amor tão inexplicável, bom demais :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Ahah, bem o suficiente para ele gostar e adormecer :)

      Eliminar
  4. A sensação que mais se aproxima do que falas é a sensação que tenho em relação à minha sobrinha. Ela é a minha mais que tudo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, deve ser como o que a minha irmã sente pelo meu pequeno ;) <3

      Eliminar
  5. Tu tens um filho????!!!!
    Oh pah fiquei admirada! Mas quanto às musicas para adormecer eu com 28 anos ainda gosto que a minha mãe me cante de vez em quando! Sabe sempre bem!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah, pois tenho ^.^ um filho lindo, eheh. Mas porquê a admiração? Tb tenho 28 anos, fui mãe aos 20 :)

      Eliminar
  6. Que maravilha :) O amor de uma mãe por um filho é tudoo :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite