domingo, 15 de outubro de 2017

Filas de supermercado


Há acontecimentos que podemos presenciar em qualquer supermercado, nomeadamente, a chico-esperteza de quererem marcar lugar na fila da caixa com os cestos/carros das compras. Pá, eu sei que é chato, minha gente, chegarem à caixa e notarem que se esqueceram de algum artigo. Contudo, não se deixa o carrinho na fila, enquanto vão buscar o que vos falta, atrasando quem está atrás. Também já me aconteceu e fico danada, mas lá pego no cesto e vou buscar o que me falta, voltando depois para o último lugar da fila. Hoje, cheguei à caixa e estava um cestinho, até já com dois produtos perto do tapete rolante, mas cá atrás. O casal que estava à frente estava a acabar de ser atendido e eu avancei, colocando as minhas coisas lá em cima. Entretanto, quando já tinha quase todas as compras postas, aparece uma mulher a dizer que estava atrás daqueles senhores. Eu disse-lhe "Pois, mas deixa aí o cesto e vai-se embora... paciência". Acho que ela não achou muita graça, mas não me tira o sono.

7 comentários:

  1. A única vez que fiz algo parecido já tinha as compras todas no tapete e vi que me tinha esquecido de ir buscar água. Fui a correr porque vi que não havia ninguém atrás e as pessoas da frente ainda não estavam a ser atendidas. Senão teria deixado a água para trás. Não gosto de empatar. Felizmente nunca me aconteceu ver carros abandonados à minha frente.

    ResponderEliminar
  2. Não gosto nada quando fazem isso... =/

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Como se costuma dizer, "quem foi ao mar perdeu o lugar". (;

    ResponderEliminar
  4. Nunca me aconteceu tal coisa, mas também não ia achar piada nenhuma.

    ResponderEliminar
  5. Fizeste tu muito bem. No outro dia deixaram um carrinho cheio de compras, eu tive tempo de colocar todas as minhas compras e pagar e o dono do carrinho sem voltar!

    ResponderEliminar
  6. Felizmente nunca me aconteceu algo do género, se me acontece-se teria feito o mesmo que tu!

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Superstições

Se há coisa que não suporto são as superstições. Se cada um quiser tê-las, por mim, tudo bem; por respeito não digo o que penso sobre o ass...