quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Séries viciantes #17 \\ Orange is the new black


Sinopse: A série desenvolve-se à volta da história de Piper Chapman; esta é condenada a cumprir 15 meses numa prisão feminina federal por ter participado no transporte de uma mala de dinheiro proveniente do tráfico de drogas quando mais jovem, a pedido da sua ex-namorada, Alex Vause, que é uma peça importante num cartel internacional de drogas. O delito ocorreu há dez anos antes do início da série e, no decorrer desse período, Piper seguiu sua vida tranquila entre a classe média-alta de Nova York. Já no alto dos seus trinta e poucos anos, desfruta de uma felicidade sem turbulências ao lado do noivo Larry Bloom, deixando o seu passado sombrio de lado, até ele resolver voltar para assombrá-la. Para pagar pelos seus crimes, Piper resolve entregar-se e troca uma vida confortável pela prisão. Sugada por um universo laranja completamente distinto do seu, acaba por encontrar tensão e companheirismo num grupo de reclusas desbocadas, num local em que é impossível fugir, até de si mesma.

Daya a apontar uma arma a um dos guardas prisionais

A chegada da Piper à prisão

Nicky e Lorna

As sobreviventes do motim

Alex e Piper

A morte da Poussey

Opinião: Uma série que me viciou desde o primeiro episódio. Devorei as 4 temporadas de seguida, porque comecei a ver quando já tinham saído as temporadas completas (sim, demorei a render-me). Entretanto, saiu a 5ª e também vi tudo de seguida. É interessante, porque humaniza as reclusas, fala-nos do seu passado, das suas vidas antes da prisão, das relações familiares e amorosas, dentro e fora da prisão. Mostra-nos a realidade podre de algumas instalações prisionais, as condições decadentes e como os fundos, por vezes, vão parar aos bolsos errados. Aborda frequentemente a sexualidade e homossexualidade, os conflitos e choques entre etnias e o tratamento a que as reclusas são sujeitas por parte dos guardas. Enfim, recomendo vivamente.

2 comentários:

  1. Andava à procura de uma série para acompanhar, vou ver o 1º episódio a ver se me cativa ;)

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Dormir é um desperdício

Eu sempre disse que dormir era um desperdício de tempo útil. Tanta coisa que existe para fazer e todos nós sabemos que, muitas vezes, a...