quinta-feira, 17 de maio de 2018

Quando os filhos crescem

Eu era novinha quando engravidei e não tinha a vida organizada, pelo que foi um caminho que percorri à medida que o pequeno foi crescendo. Porém, agora que estou empregada, mais velha, casada e com um filho de 9 anos, penso que vou começar tudo de novo, desta vez com o pai do bebé ao meu lado e com um mais velho que também vai precisar de atenção. Vai ser tudo diferente, porque já não estou em casa dos meus pais, já não sou uma mãe solteira e desempregada. Já não sou aquela miúda que saía à noite quase todos os fins-de-semana e que não se sentia à vontade a lidar com tudo o que ser mãe implicava. E agora que tenho outro a caminho, penso muitas vezes no crescimento do meu filho. Nunca obcequei muito com isso, como sei que há pais que não conseguem evitar fazer. Sempre acompanhei o desenvolvimento do meu filho naturalmente, aproveitando cada fase e sem pensar muito naquilo em que ele se iria tornar no futuro, talvez porque sinto muitas vezes que cresci com ele. Contudo, agora, penso como será quando ele atingir a adolescência. Não quero que o tempo passe a correr, não quero mesmo, mas confesso que tenho alguma curiosidade em saber como será o meu filho adolescente, como irei ser capaz de lidar com isso; será que ele se irá sentir à vontade para falar comigo? Terá uma namorada cedo? Irá contar-me? Irei saber por outras pessoas? Como será a primeira vez que ele apanhar uma bebedeira? Saberei? Serei aquela mãe com quem os filhos se sentem à vontade, como os meus pais foram para mim? Terá curiosidade em experimentar drogas? Será que vai continuar a ter boas notas? Quererá seguir para a faculdade? Que profissão irá escolher? Quererá sair de casa cedo? Será o tipo de miúdo que sai muito à noite? Talvez seja por estar de baixa e ter muito tempo livre para pensar agora, mas são tudo questões que me assaltam com frequência...

1 comentário:

  1. Se já têm uma relação aberta e de cumplicidade agora, o mais expectável é que continue a ser assim :-)

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite

Dormir é um desperdício

Eu sempre disse que dormir era um desperdício de tempo útil. Tanta coisa que existe para fazer e todos nós sabemos que, muitas vezes, a...