quinta-feira, 18 de abril de 2013

Mulheres

Lá na fábrica, pelo menos na linha, há muita mulher e pouco homem. Aquilo é um histerismo doido ali. Quando entrei, senti-me assoberbada com aquilo. Agora, já me integrei, falo bem com elas e lido bem com o trabalho. E estou bem assim.

Mas ontem duas colegas minhas, que estão nos conta quilómetros (eu estou nos ares condicionados) falavam, nos balneários, que deviam entrar homens para a linha delas ou que deviam rodar por outro sítio onde, pelos vistos, tem homens a trabalhar, para lavar as vistas. Porque, dizem elas, que ver tanta mulher, tanta mulher, a toda a hora, qualquer dia dá-lhes para a fufice. Oh filhas. Se tiverem um homem como deve ser em casa, como eu tenho, garanto-vos que não viram fufas! ;)

3 comentários:

  1. Ui, estão quase a passar para o lado de lá, estão...e um pouco necessitadas, provavelmente ;)

    ResponderEliminar
  2. L0L. Mulher toda junta dá nisso! Quando eu trabalhava também numa fabrica, era só mulheres. Então quando viam um homem….. Ui nem te conto nada! Pareciam peixeiras Hihihihihi :)

    Beijocas Grandes*

    ResponderEliminar
  3. CM e as duas a quem ouvi isto são ambas casadas.

    Karina, as mulheres são loucas, pá. Histéricas q só elas :P

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite