quarta-feira, 1 de março de 2017

Carnaval over!

Não sou uma pessoa dada ao Carnaval. Honestamente, depende muito da minha disposição. Principalmente, desde que tenho o meu filho, porque, deixem-me que vos diga, ir ver desfiles com uma criança é... qualquer coisa! Tenho que estar constantemente a puxá-lo para mim, a ver se não o perco de vista. Hoje, fomos ver o desfile aqui da terrinha. Ficou um miúdo ao nosso lado, com a mãe e a avó, que não parou de chatear o meu. Ele tinha um saquinho com confetis, serpentinas e uma lata de espuma. O outro passou o tempo todo a tentar meter a mão no saco e "posso experimentar? posso experimentar? posso experimentar???", a mexer no fato, no arco, nas flechas... a sério! Como a mãe e a avó nada diziam, acabei por ter que lhe dizer eu para parar quieto e deixar o meu sossegado (que já não estava a achar graça nenhuma à brincadeira). Depois, apareceram outros três, que passaram o tempo todo a saltitar ali à frente, aos encontrões, aos gritos, com parvoíces próprias da idade, mas, aparentemente, sem adultos a controlá-los e eu já não os podia ver. E quando acabaram por magoar o meu, tive que os escorraçar também. E as pessoas todas a colarem-se a mim, a encavalitarem-se para ver, a empurrarem... que ódio, a sério. E a tortura de estar à espera uma vida que aquilo começasse porque, como tenho um pequeno, não podia chegar tarde ou não conseguia ficar à frente e ele não ia ver nada. Dramas!! O Carnaval, para mim, foi isto: desfile da escola, desfile da zumba do pequeno e desfile da terra para o filhote ver e divertir-se. E é isto que vos venho mostrar. Finalmente acabou e aqui ficam as fotos.



















4 comentários:

  1. Para quem não aprecia o Carnaval... isso é que foi dose xD

    ResponderEliminar
  2. Deve ter sido complicado.
    As crianças podem ser mesmo irrequietas.

    ResponderEliminar
  3. Bem, eu a desfiles não vou nem que me paguem muito =p mas tu ainda foste a bastantes! Hehe

    ResponderEliminar
  4. Rititi, foi mesmo. Sacrifícios! :P

    Diana, são uns pequenos demónios e no meio de multidões é o terror.

    Sofia, ahah, teve que ser, sabes. Ser mãe tbm é isto :)

    ResponderEliminar

Manda o teu bitaite